fbpx

HOME

CURSOS

BLOG

PODCAST

HUB NUTRIÇÃO

curso de prescrição de exercício físico fundamentos e aplicações

26

AULAS

13

tEMAS

320€

PREÇO promocional

33:00h

DuraÇÃO

ONLINE

FORMATO

#EveryMoveCounts

Print

prescrição de exercício físico - fundamentos e aplicações

A prescrição de exercício físico compreende atos profissionais de responsabilidade e deve ser feita por profissionais habilitados com conhecimentos e competências concretas. A aderência e compliance das pessoas e da sociedade a planos de exercício estruturados e ajustados ao contexto individual e clínico, tem um potencial transformador extraordinário e mensurável, do nível químico e celular ao organismo na sua unidade anátomo-funcional.

Para desenvolver conhecimentos e competências para a prescrição segura e eficaz de exercício físico estabeleceram-se os objetivos:

A prática de atividade física é um direito consagrado na Constituição da República Portuguesa: “Todos têm direito à cultura física e ao desporto”. Por sua vez, a prescrição segura e eficaz de exercício e o acompanhamento à prática desportiva é um dever e pode, dependendo do contexto individual, coletivo e/ou clínico, ser feito por diferentes profissionais como é o caso dos profissionais de ciências do desporto e da educação física, de médicos e fisioterapeutas. A adequação do primeiro contacto decorre tão das circunstâncias individuais e clínicas das pessoas quão das precedências técnico-cientificas que definem o profissional para assumir a intervenção.
A ciência suporta com níveis de evidência e recomendação altos, o impacto positivo nos domínios físico, motor, mental e emocional ao longo de todo o ciclo de vida das pessoas. 

Os praticantes de atividade física, salvo exceções e inevitabilidades e se bem prescrita e acompanhada, tendem a ser:

Atendendo ao impacto socioeconómico negativo relacionado com o sedentarismo, tome-se o exemplo das doenças crónicas não transmissíveis, e com a prática desajustada de exercício físico e, por outro lado, os benefícios extraordinários que a prática de atividade física e desporto podem trazer, urge a estruturação e frequência de cursos que contribuam para mudança e/ou otimização da prática de profissionais habilitados à prescrição de exercício. Mudar a prática profissional para melhor, contribuir para profissionais habilitados a prescrever exercício com segurança e eficácia e, em última instância, para o bem-estar e saúde das pessoas e da sociedade, é o desígnio maior deste curso para o qual o convidámos.
Let’s learn and move!

Ao Frequentar o curso de prescrição de exercício - fundamentos e aplicações Vai ser melhor porque:

PROGRAMA

  1. 20.00 – 21.00
  2. O que diz a ciência; Atividade física vs Sedentarismo: riscos e benefícios; Quais as recomendações atuais para a atividade física.
  3.  
  4. 21.00 – 22.00 Ricardo Mexia
  5. Plano de Ação Global para a Atividade Física 2018-2030 (OMS) e a Estratégia Nacional para a Promoção da Atividade Física, da Saúde e do Bem-Estar 2016-2025: duas estradas com o mesmo rumo?
  1. 20.00 – 21.00 Maria João Sá
  2. Avaliação pré-participação e estratificação de risco – o papel do profissional de exercício, do fisioterapeuta e do médico
  3.  
  4. 21.00 – 22.00 Ana Oliveira
  5. Indicações, precauções e contra-indicações de exercício físico pós infeção por covid-19
  1. 20.00 – 22.00 Natália Mendes
  2. Ciência da implementação.
  3. Estudo de casos.
  4. Exercícios de role play em diferentes contextos e grupos populacionais.
  1. 20.00 – 22.00 Eduardo Teixeira
  2. Princípios gerais da prescrição de exercício (exercício aeróbio, fortalecimento muscular, mobilidade e propriocetividade); Comportamentos sedentários e pausas ativas.
  1. 20.30 – 22.30 João Freitas
  2. Exercício físico e risco cardiovascular.
  3. Prescrição de exercício e fatores de risco cardiovasculares: obesidade, hipertensão arterial, dislipidemia.
  4. Prescrição de exercício em contexto clínico: doença coronária, insuficiência cardíaca, doença cardíaca valvular.
  1. 20.00 – 21.00 Maria João Sá
  2. Ferramentas para a prescrição e monitorização do exercício: tecnologia e inovação ao serviço do exercício e saúde.
  3.  
  4. 21.00 – 22.00 Hugo Paredes
  5. Tecnologias de vanguarda na monitorização do exercício.
  1. 20.00 – 21.00 Vítor César Pinheiro
  2. Morbilidade versus produtividade; Performance individual e produtividade empresarial.
  3.  
  4. 21.00 – 22.00
  5. O papel do exercício na prevenção das LMERT’s.
  1. 20.00 – 21.00 João Tavares
  2. Especificidades da infância e adolescência e as suas implicações na prescrição de exercício.
  3. Transferência de tempo de ecrã e tempo de exercício físico.
  4.  
  5. 21.00 – 22.00 André Seabra
  6. “Futebol é saúde – o futebol como meio não farmacológico no combate à obesidade pediátrica” – o exemplo de um projeto de intervenção.
  1. 19.00 – 21.00 Anabela Mota Pinto
  2. Características deste grupo vulnerável e implicações na prescrição de exercício.
  3.  
  4. 21.00 – 22.00 Pedro Morouço
  5. “Mais ativos mais vividos” – programa de exercício físico para a 3ª idade.
  1. 20.00 – 21.00 Carla Faria
  2. A saúde da mulher em pré-concepção e na gravidez – intervenção baseada em exercício.
  3.  
  4. 21.00 – 22.00 Carla Faria
  5. A saúde da mulher no pós-parto – avaliação e intervenção baseada em exercício.
  1. 20.00 – 21.00 Adriana Lages
  2. Síndrome metabólico e Diabetes – Epidemiologia, fatores de risco e fisiopatologia.
  3. Prescrição de exercício físico na diabetes.
  4.  
  5. 21.00 – 22.00 Lara Carneiro
  6. Road map to… Como planear, desenvolver e implementar um programa na sua comunidade. Casos de sucesso.
  1. 20.00 – 22.00 Pedro Matos Silva
  2. Avaliação da aptidão e reabilitação cardiorrespiratória, força muscular e funcionalidade.
  3. Casos clínicos e programas de exercício físico realizados [as ferramentas de monitorização que utilizo e a informação que me dão].
    1.  
  1. 20.00 – 21.00
  2. Fisiopatologia da asma.
  3. Considerações especiais para a prescrição de exercício na asma.
  4.  
  5. 21.00 – 22.00 Cristina Jácome
  6. O papel da reabilitação respiratória como plataforma de habilitação para a prática de exercício físico (discussão à luz da premissa – segurança e eficácia) – precedências técnico-científicas para assumir a intervenção junto do doente.
  1. 20.00 – 21.00 Teresa Tomás
  2. Osteoartrose – dor mecânica versus mecânica para a analgesia
  3.  
  4. 21.00 – 22.00 Elisa Marques
  5. Osteoporose – como pode o exercício preencher o vazio?
  1. 20.00 – 22.00 Eduardo Oliveira
  2. Epidemiologia e fisiopatologia do cancro.
  3. Opções terapêuticas no doente com cancro: efeitos secundários a conhecer.
  4. Especificidades deste grupo clínico para a prática de exercício.
  5. Avaliação e prescrição de exercício nas doenças oncológicas.
  6. “Mama help” – projeto de intervenção em pacientes com cancro da mama.
  1. 20.00 – 22.00 Hugo Paredes
  2. Apresentação e discussão de soluções digitais para a gestão de exercício: Discussão de resultados de app entre alunos.

A NOSSA EQUIPA DE DOCENTES

[ COORDENADORA CIENTÍFICO-PEDAGÓGICA]

MARIA JOÃO SÁ

Médica Especialista em Medicina Desportiva na Unidade de Traumatologia e Medicina Desportiva da CUF Porto

ADRIANA LAGES

Doutoranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Portugal

Assistente Hospitalar de Endocrinologia e Nutrição no Hospital de Braga, EPE, Portugal

Médica Especialista em Endocrinologia e Nutrição pelo Serviço de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo – Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Portugal

Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal

Assistente Convidada da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra na Unidade Integrada de Patologia e Terapêutica Médica e na Disciplina de Endocrinologia

Membro da Sociedade Europeia de Endocrinologia (ESSE); ESE Young Endocrinologists & Scientists (EYES); Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo; Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade e Sociedade Portuguesa de Diabetologia

ANA OLIVEIRA

Faculty of Health Sciences, School og Rehabilitation Science, McMaster University, Hamilton, Canada

West Park Healthcare Centre, Respiratiry Medicine, Torronto, Canada

Lab 3R – Laboratório de Investigação e Reabilitação Respiratória, Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal

ANABELA MOTA PINTO

  • Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina na Universidade de Coimbra.

  • Doutorou-se na Universidade de Coimbra onde é Professora Catedrática de Fisiopatologia.

  • É regente em unidades curriculares de vários mestrados e no programa de doutoramento da Faculdade de Medicina e coordena o curso a distância “Envelhecimento Ativo e saudável” dirigido à formação de cuidadores formais e informais.

  • É diretora do Instituto de Patologia Geral e desenvolve investigação na CIMAGO (Centro de Investigação em Meio Ambiente Genética e Oncobiologia) e iCBR (Instituto de Investigação Clínica e Biomédica de Coimbra).

  • Publicou 136 artigos científicos originais em revistas ISI. Publicou 26 capítulos de livros e 6 livros e editou outros 6. Orientou 7 teses de doutoramento e coorienta 3, orientou 34 dissertações de mestrado e coorientou 56.

  • Desenvolve investigação no Envelhecimento e Doenças Crónicas, diversificando-se na área de Fisiopatologia em que o foco é a aplicabilidade nas Ciências Médicas e a Saúde do doente.

ANDRÉ SEABRA

Diretor da Portugal Football School e Professor Auxiliar com Agregação na Faculdade de Desporto – Universidade do Porto. As suas qualificações incluem um Ph.D. em Ciências do Desporto e dois Mestrados, o primeiro em Saúde Pública e o segundo em Treino de Alto Rendimento. Autor e co-autor de mais de 150 artigos científicos, publicados em revistas nacionais e internacionais. Orador convidado em mais de 160 conferências em Portugal e outros Países.

CRISTINA JÁCOME

Investigadora Auxiliar, Departamento de Medicina da Comunidade, Informação e Decisão em Saúde (MEDCIDS), Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Porto
Investigadora Integrada, Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS), Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Porto

CARLA FARIA

Fisioterapeuta especialista em Reabilitação Pélvica e Pilates Clínico
Mestre em Fisioterapia na Saúde da Mulher
Prática Clínica privada na FISIOVIDA

EDUARDO TEIXEIRA

Professor Eduardo Teixeira holds a PhD in Physical Activity and Health (2017) from the Faculty of Sports of the University of Porto (FADEUP), where he investigated the sedentary behaviour effects on skeletal muscle repair, in an animal model, focusing on the regulatory effects of muscle recruitment on the immune system response. He holds a B.Sc. in Sports Sciences and an M.Sc. in Physical Activity and Health from the same institution. Currently, he is an Assistant Professor at the University Lusófona of Porto, and an associated researcher at the Research Centre in Physical Activity, Health and Leisure (CIAFEL), at FADEUP, Portugal. He is addressing two main research fields: 1) exercise and sedentary behaviour effects on skeletal muscle quality in sports, health and disease, and 2) digital remote monitoring of physical activity, exercise and health-related physical fitness. His research group is studying the scientific value of wearable devices and biomarkers present in saliva, sweat and tears, as a strategy to monitor exercise-induced alterations.

ELISA MARQUES

Universidade da Maia (ISMAI)
Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD)
Unidade de Epidemiologia do Instituto de Medicina Preventiva e Saúde Pública-Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa (FMUL)

HUGO PAREDES

Professor Associado com Agregação na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)
Investigador Sénior no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC)

JOÃO FREITAS

Desde 1994 – Cardiologista do Serviço de Cardiologia do Hospital de São João – Porto, sendo Assistente Hospitalar Graduado desde 2002.
1994-2003 – Cardiologista do Centro de Medicina Desportivo do Porto. Médico da Brigada Anti-Doping.
Desde 2005 Cardiologista da SAD – Futebol Clube do Porto.
Desde 2005 – Diretor do Centro de Estudos da Função Autonómica “Corino de Andrade” do Centro Hospitalar Universitário São João
Desde 1999 – Cardiologista Sénior da RIME
Desde 2005 – Cardiologista Sénior da Clínica do Dragão – Clínica de Saúde Atlântica
Desde 2008 – Cardiologista Sénio do Instituto CUF – Porto
Desde 2009 a 2016 – Cardiologista Sénior da Clínica Capitólio e desde 2017 no Hospital Lusíadas – Porto

LARA CARNEIRO

Professora Convidada, Instituto Universitário da Maia (ISMAI)
Investigadora integrada, Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD)
Doutorada em Ciências do Desporto, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)
1º prémio, área temática da Psicologia e Pedagogia do Desporto, Comité Olímpico Português e Fundação Millennium BCP (2014)

NATÁLIA MENDES

Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses – 10488 OPP
Membro da Associação Americana de Psicologia – 0019-2343
Membro do Núcleo de Psicologia de Cirurgia de Obesidade (NPCO)
Membro da Direcção da Associação Portuguesa de Menopausa

RICARDO MEXIA

Médico de Saúde Pública

PEDRO MOROUÇO

Diretor da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria

Embaixador da Portugal Ativo

PEDRO MATOS SILVA

Fisioterapeuta | MSc na Fisiomato. Especialista em Reabilitação cardíaca e respiratória
Docente da Escola Superior de Saúde | Instituto Politécnico do Porto

TERESA TOMÁS

  • Professora Adjunta – Escola Superior de Tecnologia da Saude de Lisboa (ESTeSL), IPL
    Membro Integrado do H&TRC (ESTeSL)
    Membro colaborador CIPER (FMH-UL)
    ORCID – 0000-0003-0491-8903
    Ciencia ID – 3010-19D6-C7A5
    Researcher ID – N-1940-2013

VÍTOR CÉSAR PINHEIRO

Médico do Trabalho
Mestre em Medicina do Desporto
Perito Médico de Avaliação do Dano Pessoal Corporal Pós-Traumático

o que inclui o curso?

FAQ

QUANDO INICIA O CURSO?

Início a 7 de dezembro de 2021 
Aulas todas as terças-feiras e quintas-feiras das 20h às 22h (exceto dia 25 de Janeiro)

AS AULAS SÃO EM DIRETO?

As aulas são em direto mas pode assistir em diferido quando e como quiser! Terá acesso às gravações até 30 dias após o término do curso.

QUAIS AS TAXAS DE INSCRIÇÃO?

Taxas de inscrição:
  • até 7/11/2021 – 320€
  • após 8/11/2021 – 420€

qual a política de devolução ?

 Todos os cancelamentos estão sujeitos a uma taxa  não-reembolsável de 25% do montante que corresponde à inscrição – custos administrativos.
 Até 15 dias da data da formação, em caso de cancelamento da inscrição,  será reembolsado em 75% do montante efetivamente pago.
Todos os cancelamentos com menos de 15 dias de antecedência da data da formação, estão sujeitos a uma taxa  não-reembolsável de 100% do montante que corresponde à inscrição.

POSSO PAGAR DE FORMA FASEADA?

Pagamento faseado com inscrição:
70% – Aquando da inscrição
30% – Após 30 dias

quem deve frequentar e beneficiar do curso ?

Profissionais de Ciências do Desporto, Médicos, Fisioterapeutas e os Profissionais de Saúde cujo exercício profissional inclua a prescrição de exercício físico

A classificação final no curso resultará da classificação quantitativa obtida por exame final. A avaliação compreende as respostas a um exame de escolha múltipla com 40 perguntas. Cada resposta correta contribui com 0,5 valores para a classificação final. O exame será realizado no fim do curso.
A avaliação final de um curso é expressa através de uma classificação na escala numérica de 0 a 20 valores, considerando-se aprovação a obtenção de um mínimo de 10 valores.
A classificação final do curso pode ser acompanhada de uma menção qualitativa, expressa na seguinte escala: Suficiente (10 a 13), Bom (14 e 15), Muito bom (16 e 17) e Excelente (18 a 20).
De acordo com a legislação portuguesa (DL 42/2005 de 22 de fevereiro), as notas abaixo de 10, na escala de 0 a 20, implicam reprovação.
No final da ação será aplicado um instrumento de avaliação para aferição da satisfação dos participantes relativamente ao processo formativo e às condições de realização da ação, visando eventuais ações de melhoria.
No final do curso será emitido um Certificado de Formação Profissional, conforme legislação em vigor (Portaria nº 474/2010 de 8 de julho), a todos os participantes que concluírem com aproveitamento a ação de formação. O referido certificado, assim como um diploma, serão disponibilizados em formato digital na área do participante, no site da EMSaúde, num prazo máximo de 30 dias úteis, após a data de término da ação. Caso o aluno não tenha aproveitamento será emitido um Certificado de Frequência de Formação Profissional.

Subscreva a nossa newsletter

SIGA-NOS E FIQUE A PAR DE TODAS AS NOVIDADES

Share this:

Translate »
×
Introduza o seu email para iniciar a inscrição

*Ao completar este passo está a autorizar a Academia Clínica do Dragão e enviar emails com conteúdo educativo e promocional das nossas actividades. Poderá remover a subscrição a qualquer momento.
X