Regresso ao desporto após tratamento conservador e cirúrgico em atletas com espondilose: uma revisão sistemática

Return to play after conservative and surgical treatment in athletes with spondylolysis: A systematic review

Rita Grazina, Renato Andrade, Filipe Lima Santos, José Marinhas, Rogério Pereira, Ricardo Bastos, João Espregueira-Mendes

 

Em que consistiu o estudo sobre o tratamento da Espondilose?

Revisão sistemática da literatura que teve por objetivo analisar a taxa de atletas que retomaram a prática de atividades desportivas e o tempo necessário para a retoma desportiva após tratamento conservador ou cirúrgico em atletas com espondilose.

Foram incluídos nesta revisão 14 estudos que envolviam um total de 592 participantes. Oito estudos reportavam os resultados do tratamento conservador e sete estudos os resultados do tratamento cirúrgico após falência do tratamento conservador.

 

E a que resultados se chegou?

    • Após o tratamento conservador da espondilose, 92% dos atletas voltaram a praticar atividades desportivas (89% ao nível pré-lesão) numa média de 4 meses e meio.
    • Quando o tratamento conservador da espondilose falhou, a opção cirúrgica retomou 88% dos atletas à atividade desportiva (81% ao nível pré-lesão) em aproximadamente 7 meses.

 

O que ficamos a saber com este trabalho?

  • O tratamento conservador da espondilose (ortótese, modificação ou cessão temporária da atividade desportiva e tratamento de fisioterapia) deve ser a primeira linha de tratamento em atletas com espondilose. Mostrou-se eficaz em retomar a maioria dos atletas ao mesmo nível competitivo em pouco mais de 4 meses.
  • Quando o tratamento conservador falha (agravamento ou persistência dos sintomas, ou até mesmo evolução para espondilolistese), a intervenção cirúrgica é uma opção eficaz que permite aos atletas uma elevada taxa de sucesso para a retoma desportiva.

Return to play after conservative and surgical treatment in athletes with spondylolysis: A systematic review.

A Academia Clínica do Dragão coloca ao seu dispor vários cursos relacionados com a avaliação, prevenção  e tratamento da patologia da coluna.

Estes cursos são lecionados com base nas últimas evidências ciêntificas e comprovadas pela vasta experiência da Clínica do DragãoEspregueira-Mendes Sports Centre – FIFA Medical Centre of Excellence.

Poderá consultar este artigo publicado no Physical Therapy in Sports  através do seguinte link: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1466853X18303456

 

Gostou do nosso artigo?

Partilhe e deixe o seu comentário! Aqui na Academia Clínica do Dragão adoramos partilhar conhecimento!

 

0 responses on "Regresso ao desporto após tratamento conservador e cirúrgico em atletas com espondilose: uma revisão sistemática"

Leave a Message

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ultimos Tweets

Meios de Pagamento

top
Dom Henrique Research Centre all rights reserved
Translate »
X